HÁ DIFERENÇA ENTRE MEIO DE PROVA E MEIO DE OBTENÇÃO DE PROVA?

Sim, há uma diferença entre meio de prova e meio de obtenção de prova no contexto do processo penal. Vou explicar cada um desses conceitos:

Meio de Prova:

  • Definição:
  • Meio de prova se refere aos diversos recursos ou instrumentos utilizados pelas partes para produzir evidências que possam ser apresentadas ao juiz durante o processo, com o objetivo de comprovar ou refutar a ocorrência de determinados fatos.
  • Exemplos:
  • Depoimentos de testemunhas, documentos, perícias técnicas, confissão do acusado, provas materiais, entre outros, são considerados meios de prova.

Meio de Obtenção de Prova:

  • Definição:
  • Meio de obtenção de prova diz respeito aos métodos ou procedimentos utilizados pelas autoridades responsáveis pela investigação para obter elementos probatórios que possam ser utilizados no processo penal.
  • Exemplos:
  • Interceptação telefônica, busca e apreensão, quebra de sigilo bancário, quebra de sigilo fiscal, colaboração premiada, infiltração de agentes, entre outros, são exemplos de meios de obtenção de prova.

Diferença:

A principal diferença entre os dois conceitos está na origem e no propósito dos recursos utilizados:

  • O meio de prova se refere às evidências propriamente ditas, ou seja, aos elementos que serão apresentados no processo para comprovar ou refutar os fatos alegados pelas partes.
  • Já o meio de obtenção de prova diz respeito aos métodos ou procedimentos empregados para adquirir essas evidências, sejam elas testemunhais, documentais, periciais ou de outra natureza.

Conclusão:

Enquanto o meio de prova são os recursos ou instrumentos utilizados para produzir evidências a serem apresentadas no processo, o meio de obtenção de prova são os métodos ou procedimentos utilizados para adquirir essas evidências durante a investigação criminal. Ambos são fundamentais para a busca da verdade e a garantia da justiça no processo penal.

Deixe um comentário